29 de setembro de 2009

OS TRÊS ARCANJOS - CELEBRADOS EM 29/09/2.009



OS TRÊS ARCANJOS
Por causa de suas aparições e manifestações nominais e pessoais descritas na Bíblia ou narradas em acontecimentos documentados, os Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael são os mais conhecidos, venerados, invocados e prestigiados na Igreja.

São Miguel Arcanjo.
O nome Miguel significa “Quem é como Deus?”. Pelo significado do nome podemos perceber que esse arcanjo é “defensor intransigente e ciumento de Deus, de seus direitos divinos e de tudo quanto Lhe pertence”. É “adversário” dos inimigos de Deus, quer demônios, quer seres humanos. Pelo significado de seu nome compreendemos melhor sua missão, seus trabalhos, seus empenhos. São Gregório escreveu que “Quando se trata de realizar coisas maravilhosas, o enviado por Deus é Miguel”.
Escritores sagrados, baseados em dados bíblicos, apontam para tarefas importantes deste arcanjo. Foi Miguel quem combateu Lúcifer e seus anjos rebeldes, e os expulsou do céu, obtendo uma grande vitória. É Miguel que, o tempo do anticristo, deve se erguer em defesa e em favor dos eleitos. Miguel é o protetor do povo eleito (Cf. Dan 10, 13 e 12,1) Foi Miguel quem disputou contra Satanás para proteger o corpo de Moisés, que o satânico queria fazer desaparecer, a fim de que o povo judeu adorasse Moisés em lugar de Deus. (Cf Carta de São Judas, v.9). É Miguel o chefe da luta contra o dragão (Cf. Apoc 12, 7). Na liturgia da esperança (dos falecidos) fala-se que Miguel acompanha os falecidos e os leva até Deus e ao paraíso. Ele era o protetor da sinagoga. Agora é o protetor da Igreja Católica.
Em escritos religiosos relatam-se muitas aparições desse Arcanjo, realizando obras de grande poder, como vitórias em guerras, desaparecimento súbito de pestes mortais, orientações para o bem maior de uma população ou da Igreja.
Miguel já era cultuado na sinagoga judaica como seu protetor. Desde os inícios da era cristã recebeu um culto fervoroso, tanto no oriente como no ocidente. Já os imperadores romanos Constantino e Justiniano construíram e lhe dedicaram templos preciosos. O papa São Gregório dedicou-lhe um mausoléu, hoje conhecido como Castelo de Santo Ângelo, perto do Vaticano.
Tradicionalmente, Miguel é invocado contra o demônio e suas tentativas de seduzir e fazer mal às pessoas, para libertar pessoas possessas, obcecadas ou oprimidas pelo diabo, para libertar pessoas e lugares contaminados pelas forças do mal.

Marcadores:

SÃO RAFAEL ARCANJO


SÃO RAFAELARCANJO
Por causa de suas aparições e manifestações nominais e pessoais descritas na Bíblia ou narradas em acontecimentos documentados, os Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael são os mais conhecidos, venerados, invocados e prestigiados na Igreja. São celebrados neste dia 28 de setembro

O nome Rafael significa “Deus cura”, ou ainda “Medicina de Deus”. Esse arcanjo aparece numa história interessante e edificante no livro bíblico de Tobias. Ele mesmo revela quem é: “Eu sou o anjo Rafael, um dos sete que assistimos na presença de Deus” (Cf. Tob 12, 15)
Na história de Tobias, Rafael aparece disfarçado em figura humana, como inesperado companheiro de viagem de Tobias, conhecedor dos caminhos e das pessoas, cuidadoso e protetor do amigo de viagem. Por causa dessa missão realizada com toda sabedoria e cuidado, Rafael é invocado como “guia e protetor dos viajantes”.
Na mesma oportunidade da viagem, Rafael ensina a Tobias o remédio para a cura da cegueira de seu pai Tobit. Por isso é também invocado como intercessor para a cura dos enfermos.
Vale a pena reler o livro de Tobias. São poucas páginas. Um relato maravilhoso e comovente que revela o quanto Deus protege e promove os justos. Tenho absoluta certeza de que o leitor ficará muito bem impressionado com as maravilhas reveladas nesse livro, principalmente a atuação disfarçada do arcanjo Rafael.

Marcadores:

ARCANJO SÃO GRABRIEL


OS TRÊS ARCANJOS
Por causa de suas aparições e manifestações nominais e pessoais descritas na Bíblia ou narradas em acontecimentos documentados, os Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael são os mais conhecidos, venerados, invocados e prestigiados na Igreja. São celebrados neste dia 28 de setembro

São Gabriel Arcanjo
O nome Gabriel significa “Força de Deus”. É o mensageiro celeste que recebeu a maior e a mais admirável missão de anunciar a “Encarnação do Verbo eterno”, do filho de Deus, do Messias e Salvador, no ventre virginal da Virgem de Nazaré (Cf. Lc 1, 26-38). Foi ele quem anunciou também o nascimento milagroso de João Batista (Cf. Lc 1, 5-25).
Quando apareceu a Zacarias, pai de João Batista, no templo de Jerusalém, a fim de anunciar o nascimento do Precursor, o Arcanjo disse: “Eu sou Gabriel que assisto diante de Deus, e fui enviado para te falar e te trazer esta feliz nova. (Cf Lc 1, 19) Essa declaração nos revela o quanto Gabriel está diante do trono divino, prestando atenção e servindo a Deus em mensagens de primeira grandeza.

Revelou seu poder pessoal quando castigou a falta de fé de Zacarias. Eis que ficarás mudo e não poderás falar até o dia em que estas coisas acontecerem, visto que não deste crédito às minhas palavras, que se hão de cumprir a seu tempo (Lc 1,20).

Marcadores:

25 de setembro de 2009

SÓ O AMOR FAZ A FELICIDADE


Só o amor faz a felicidade

Quando afirmo que fomos criados à imagem e semelhança de Deus para sermos amor, estou revelando uma afirmação filosófica, psicológica e teológica da maior importância para todo ser humano. Por que? Ora, se nós fomos criados para sermos amor, só nos realizaremos se nós nos realizarmos no amor. Estou revelando que se seu marido, sua esposa, seus filhos e familiares foram criados para serem amor, eles só se realizarão se se realizarem no amor. Todo ser humano só se realiza verdadeiramente quando se realizar no amor. É no amor que reside a fonte da plena realização da pessoa humana. Não existe outra possibilidade de o ser humano realizar-se plenamente, a não ser no e pelo amor.
Analise comigo. Encontramos pessoas que têm uma infinidade de riquezas materiais, mas que não são felizes, não são realizadas na vida, porque não se realizaram no amor. As riquezas, por si sós, não satisfazem o coração humano. Encontramos pessoas de cultura vastíssima, que têm diversos títulos universitários, mas que não são felizes porque não se realizaram no amor. A cultura, por si só, não pode gerar a felicidade do coração humano. Existem pessoas que galgam altos postos de poder, de governo, mas que são irrealizadas e infelizes porque não se realizam no amor. Existem pessoas que alcançaram grande renome e fama na sociedade, mas são infelizes, porque não se realizaram no amor.
Ao contrário, nós encontramos pessoas materialmente carentes, outras de pouquíssima cultura, outras empregadas a vida toda, outras tantas humildes e desconhecidas, mas que são felizes, até muito felizes, porque conseguiram realizar-se no amor.
Deixo claro que os bens materiais, a cultura, a liderança social e até a fama que podem contribuir para a realização e a felicidade da pessoa humana. Mas por si sós não são a fonte da verdadeira realização. Exatamente porque o coração humano não foi criado para a riqueza, nem para a cultura, nem para o poder e nem para a fama. O coração foi criado para o amor. Só o amor pode satisfazê-lo.
Essa verdade é de grande importância, inclusive, para seus filhos, gêneros, noras e netos. Se vocês quiserem que seus descendentes sejam pessoas realizadas, contentes e felizes, devem comunicar-lhes a melhor de todas as heranças: o amor. É correto e bom que vocês também lhes deixem a herança dos estudos, se possível, universitários; que os ajudem com heranças de bens materiais; que os formem para postos de lideranças sociais. Mas saibam com toda certeza que o que vai realizá-los e fazê-los felizes é o amor. Exatamente porque o ser humano foi criado para o amor, para ser amor.

VOCÊ FOI CRIADO(A) PARA SER AMOR



Fomos criados para o amor

Fomos criados, portanto, não apenas para termos amor. Mas para sermos amor, para sermos encarnação do amor. Eu diria que você marido, você papai, foi criado para ser amor em forma de homem. E você mamãe, você esposa, foi criada para ser amor em forma de mulher, com jeito de mulher.
Deus é amor. E porque Deus é amor, é família. É Trindade. Existe um só Deus, mas em três pessoas realmente distintas: o Pai, o Filho, e o Espírito Santo. Três pessoas realmente distintos, mas unidas de tal forma pelo amor, que formam a unidade de Deus. Nesta família trinitária, o relacionamento, o clima, a atmosfera vivida é o amor.
Em Deus, todo o relacionamento entre as três pessoas é realizado no mais perfeito e profundo amor. Todas as três pessoas amam e são amargas. O Pai ama o Filho e o Espírito. Mas por sua vez, é amado por eles. O Filho ama seu Pai e o Espírito Santo. Mas ao mesmo tempo é amado por eles. Por sua vez, o Espírito ama o Pai e o Filho, mas também é amado por eles.
Porque em Deus o amor é divino, perfeito, absoluto e total, a felicidade é total. Se nós nos perguntarmos por que Deus é infinitamente feliz, por que em toda sua eternidade jamais teve um segundo sequer de infelicidade, a resposta é: porque Deus é perfeito no amor. É o amor que o torna infinita e divinamente feliz.
Eis aí o modelo perfeito de relacionamento de amor para nossas famílias. Aliás, porque Deus tem uma profunda experiência de família e sabe que é no amor em família que a pessoa se torna feliz, ele criou a família e criou-nos para vivermos em família. Ele sabe que só vivendo numa família, ninho de amor, é que o ser humano se realiza e se torna feliz.

24 de setembro de 2009

CRIADOS PELO AMOR PARA O AMOR


FOMOS CRIADOS PARA O AMOR

O objetivo deste primeiro capítulo é fundamentar a vivência matrimonial e a vida familiar sobre os alicerces sólidos do amor. É o amor quem dá sentido, fundamento, realização e gratificação à vida matrimonial. A atmosfera do amor deve envolver toda a vida familiar. O oxigênio do amor precisa ser respirado por todos os membros de uma família. Mas, ao mesmo tempo, todos devem transbordar e transpirar amor, se quiserem ser felizes, realizados, sadios e belos, na família.
Busco na Palavra de Deus, na Bíblia sagrada, a inspiração para esta reflexão.
Diz o texto do Gênesis: "Então Deus disse: façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra. Deus criou o homem à sua imagem. Criou-o à imagem de Deus. Criou o homem e a mulher. Deus os abençoou e lhes disse: frutificar, multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a” (Gn 1, 26-28).
Este breve texto, por três vezes declara que o ser humano foi criado à “imagem e semelhança” de Deus. Retomando o texto: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança”... “E Deus criou o homem à sua imagem”... “Criou-o à imagem de Deus... Criou o homem a mulher”.
Precisamos nos perguntar de imediato: “O que é ser imagem de Deus?” “Quando é que somos imagem e semelhança de Deus”? É importante que procuremos penetrar nessas palavras e desejemos compreender a riqueza dessa afirmação divina. Sim, é importante penetrá-la e compreendê-la, a fim de que se possa avaliar e abranger o profundo sentido existencial dessa verdade para nossas vidas.
Para sabermos o que é ser “imagem e semelhança” de Deus, precisamos nos perguntar: “O que Deus é”? Se nós soubermos responder corretamente à pergunta “O que Deus é”, saberemos também o que significa “ser imagem e semelhança” de Deus.
O próprio Espírito Santo inspirou o evangelista São João a escrever em sua primeira carta que “Deus é amor!” Ora, se Deus é amor, imagem e semelhança de Deus só pode ser alguém que “seja amor”. Se nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus, que é amor, fomos criados para “sermos amor”. Atenção! Não apenas para “termos” amor. Não diz a Bíblia que Deus “tem” amor. Diz que Deus “é” amor.

Marcadores:

MINHA ORDENAÇÃOSACERDOTAL

video

Marcadores:

PRIMEIRA MISSA SOLENE

video

Marcadores:

21 de setembro de 2009

SÍMBOLOS NATALINOS - COMPREENDER SEU SIGNIFICADO


UM LIVRINHO EXPLICATIVO DO SENTIDO CRISTÃO DOS SÍMBOLOS NATALINHOS

A celebração do santo Natal de Jesus Cristo é, sem dúvidas, a maior festa do planeta. Mesmo nos países do oriente, onde o cristianismo está presente em número pequeno de fiéis, o Natal está sendo cada vez mais celebrado como uma festa de confraternização das pessoas e dos grupos, de cidades, regiões e países. As decorações natalinas são cada vez mais maravilhosas por toda parte, com criatividades e belezas sem limites. Todos conhecemos essa realidade, pelas reportagens feitas por canais de TV que assistimos todos os anos, na época do Natal.
A festa natalina desperta muitos sentimentos nobres, muitas satisfações nas confraternização entre as pessoas, as famílias e os grupos de convivências
Quantas vezes nós ouvimos dizer: “Aproxima-se a festa máxima da cristandade”. Por que será que afirmam ser o Natal a festa máxima? E quando alguém nos cumprimenta dizendo : “Feliz Natal!”, será que a pessoa está consciente daquilo que diz? Quando é que o Natal é feliz?
O Natal tem sido, para muitos, talvez para a maioria, simplesmente uma festa social. Por certo, com desdobramentos interessantes, elogiáveis e plausíveis, mas não religiosos. Não deve ser assim para os nós, cristãos. Devemos colocar Jesus como centro da festa, pois Ele é o celebrado, o aniversariante.
O Natal é a celebração do nascimento de Jesus Cristo e a comemoração de seu natalício. O Natal existe, porque Jesus nasceu. O Natal é celebrado a cada ano, para que renovemos nossa aceitação da pessoa de Jesus, de seu Evangelho, de sua Igreja e da conseqüente salvação que nos trouxe e se realiza em nossas vidas.
Infelizmente este significado do Natal centrado na pessoa de Jesus foi muito esquecido e ignorado.
Pelo fato de termos esquecido que Jesus é o centro do Natal, esquecemos também o significado dos símbolos, e de tudo o que existe e se faz, por ocasião dessa festividade. Por exemplo: Quem sabe por que se enfeita a árvore de Natal? Qual o seu significado? Quem saberia explicar o simbolismo das bolas coloridas? Das velas acesas? Por que se dá presentes no Natal? Tudo isto perdeu seu significado. Tornou-se simplesmente uma tradição, ou enfeite de decoração natalina, e nada mais. Nessas decorações natalinas, por não entenderem seu significado, passa-se a fazer alterações que esvaziam seu conteúdo. Por exemplo: uma árvore de Natal toda branca, com bolas e laços só vermelhos. Adeus, simbolismo! Foi para o “espaço” do desconhecimento das pessoas!
Este livrinho tem por finalidade explicar o simbolismo e o conteúdo dos símbolos do Natal, a fim de que nos ajudem a recolocar Jesus vivo como o centro, o celebrado do nosso Natal pessoal e familiar. É na pessoa de Jesus, nascido e celebrado nesse dia, que encontramos a fonte do significado de todos os símbolos do Natal.

Marcadores:

20 de setembro de 2009

UM ENCONTRO INESQUECÍVEL

video

Marcadores:

17 de setembro de 2009

NOVENA - MEU NATAL COM JESUS


MEU NATAL COM JESUS
Novena de preparação dos corações, das famílias e das comunidades para o SANTO NATAL

NOVE CELEBRAÇÕES completas da Palavra de Deus, com:
- Comentários
- Orações comuns
- Leitura e Evangelho
- Salmo Responsorial
- Pregação preparada
- Preces da Comunidade
- Sugestões para os símbolos
natalinos
- Orações finais.

N O V E N A P E R E N E
Esta é uma novena perene. Assim como todos os anos a liturgia do Santo Natal é a mesma, e é sempre nova, rica e enriquecedora, ESTA NOVENA DE NATAL foi elaborada para ser duradoura, perene. Foi pensada para servir para mais anos. Suas leituras e suas nove pregações evangelizadoras serão ricas e enriquecedoras, todos os anos.

NOVENA EVANGELIZADORA PARA:
- Grupos de reflexão
- Grupos de famílias
- Grupos Bíblicos
- Grupos de Oração
- Asilos de idosos
- Comunidades de vida
- Comunidades religiosas
- Grupos de pastorais específicas
- Missas Paroquiais (Fazer em
lugar da liturgia da Palavra)

Marcadores:

16 de setembro de 2009

MINHA FAMÍLIA: MEU TESOURO

video

Marcadores:

11 de setembro de 2009

Meu livro: MEUS PAIS - MEU PROBLEMA



O conflito de gerações afeta o relacionamento entre pais e filhos. São inúmeras as queixas de ambas as parte, mas, como em toda discussão, é quase certo que nem toda a culpa está de uma parte, e a razão de outra. "Meus pais são o meu problema: eles me super-protegem". "Meus pais não me dão carinho". "Meus pais brigam muito". "Na minha casa não há diálogo". "Meus pais vivem separados". "Meu pai bebe". "Meus pais não aceitam meu namoro". "Meus pais gostam mais dos outros do que de mim". "Meus pais 'não são' meus pais". E outras mil queixas dos filhos.
Este não é um livro que dá fórmulas feitas, acabadas, mas uma reflexão de quem ouviu essas e muitas outras queixas. O leitor encontrará aqui o apelo ao bom senso, o covite ao diálogo amistoso, e acabará por concordar com o pensamento dominanate, esperançoso, deste livro: não existe problema entre pais e filhos, que entre eles, não possa ser resolvido.

Marcadores:

Meu livro: A CURA PSÍQUICA NA FORMAÇÃO


A Cura Psíquica na Formação Inicial e Permanente. (Ed. Loyola)

Destina-se, em primeira mão, a auxiliar na formação de candidatos ao sacerdócio e à vida religiosa, bem como para os próprios sacerdotes, religiosos e religiosas. No entanto, também muitos leigos fazem uso dele com muito proveito. O livro propõe dinâmicas de conteúdo psicológico e espiritual a fim de solucionar problemas, curar sofrimentos, enfim, trabalhar o humano das pessoas, para que a graça encontre terreno bem preparado, e desta forma, possa desabrochar, amadurecer e se tornar sólida.

Marcadores:

Meu livro: JOVENS: FORMAÇÃO AFETIVA E SEXUAL


Jovens: formação afetiva e sexual (Editora Raboni)

Um livro em forma de palestras. São oito palestras prontas sobre a formação afetiva e sexual. Além de ser um livro de formação pessoal, pode muito bem ser utilizado, quer num retiro de formação de jovens num fim de semana, quer num seminário de formação para os mesmos, quer para cursos de namorados ou de noivos, quer para a complementação das catequeses de jovens que se preparam para a crisma.

Marcadores:

Meu livro: JOVENS EM RENOVAÇÃO: ESPIRITUALIDADE, AFETIVIDADE E SEXUALIDADE


Jovens em renovação: espiritualidade, afetividade e sexualidade. (Editora Loyola)

Este livro tem sido um sucesso entre os jovens que dele puderam tomar conhecimento. O sucesso vem da coragem e da clareza de tratar sobre a importância de construir: 1) uma vida espiritual sólida, 2) uma vida afetiva madura e consciente, necessária para uma realização pessoal e matrimonial, e 3) uma vida de castidade cristã. O autor faz um desafio e uma proposta corajosa, franca e cristã, procurando convencer os jovens a assumirem uma vida sexual sadia, casta e cristã. Este livro já fez muito bem a muitos casados que nele descobriram a grandeza, a beleza e a santidade da sexualidade e da vida sexual.

Marcadores:

Meu livro: EVANGELIZAR É FAZER JESUS ACONTECER


Evangelizar é Fazer Jesus Acontecer (Edições Loyola) -

A missão primeiríssima da Igreja e, portanto, do Papa, dos bispos, dos padres, dos religiosos consagrados, bem como de todos os batizados é EVANGELIZAR. Mas “o que é Evangelizar? O que é a evangelização, em sua essência”? “Evangelizar é fazer Jesus acontecer na vida de alguém, a ponto de ele se tornar discípulo fervoroso e irredutível de Jesus vivo”. O livro revela: Jesus evangelizador, o Espírito Evangelizador, Maria Evangelizadora, a Igreja Evangelizadora. Faz a distinção necessária entre evangelização, catequeses e promoção humana. Questiona sobre “quem já está evangelizado, e quem não.” Vale a pena conferir.

Marcadores:

Meu livro: REFLEXÕES DE FÉ: FONTES DE VIDA


Reflexões de fé: fontes de vida (Edições Loyola) -

A partir de passagens evangélicas o autor apresenta meditações que aprofundam o conteúdo das mesmas para que possam iluminar os corações para viver tais verdades e realidades. Leitores têm-se surpreendido com a forma como o autor expõem essas reflexões. O título revela o objetivo do livro: realizar reflexões de fé a fim de encontrar bênçãos para viver a vida cristã de cada dia.

Marcadores:

Meu livro: GRUPOS DE ORAÇÃO: COMO FAZER A GRAÇA ACONTECER


Grupos de oração: como fazer a graça acontecer. (Ed. Loyola)

Todos os participantes dos grupos necessitam de dois tipos de graças: 1. graças de salvação e 2. graças de santificação. O livro ensina como fazer essas graças acontecerem. Ensina como orar no grupo de oração para a libertação, para a cura espiritual, para a cura interior, para a cura emocional e para a cura física. Também ensina como orar para o Batismo no Espírito Santo, para receberem carismas, para receberem os frutos do Espírito, bem como os sete dons infusos. É uma ferramenta preciosa para os dirigentes dos grupos de oração

Marcadores:

Meu livro: SAIBA PARTICIPAR DE GRUPOS CARISMÁTICOS


Saiba participar de grupos carismáticos (Edições Loyola) -

Um verdadeiro manual para coordenadores e núcleos dirigentes de grupos de oração. Um manual a ser estudado por coordenadores e dirigentes e, aos poucos, ser passado aos participantes dos grupos, a fim de que aprendam e saibam participar com profundo conhecimento, com plena participação e com grandes frutos para suas vidas cristãs em processo de renovação e amadurecimento cristão. Os coordenadores e seus auxiliares se beneficiam com este livro, com certeza.

Marcadores:

Meu livro: CARISMAS PARA O NOSSO TEMPO


Carismas para o nosso tempo. (Ed. Loyola)
A RCC no Brasil só considera e apresenta os carismas de “uma única lista” de São Paulo. No entanto, esse Apóstolo oferece “quatro listas” de carismas. Muitos carismas ensinados pelo Apóstolo nessas três listas que não são consideradas pela RCC em sua pregação e na práxis, são muito mais importantes do que outros da primeira lista. Este livro faz uma reflexão teológica e pastoral abrangente dos carismas das quatro listas e apresenta a mentalidade paulina a respeito dos mesmos, como instrumentos de poder oferecidos pelo Espírito Santo para todos os que querem “arregaçar as mangas e trabalhar” pelo Reino de Deus, pelo Senhorio de Jesus.

Meu livro: PROGRAMAR O CRESCIMENTO DO GRUPO CARISMÁTICO


Programar o crescimento do grupo carismático. (Edições Loyola) -

A finalidade da RCC, dos grupos de oração e do trabalho das lideranças é a mesma: “formar cristãos católicos conscientes e adultos na vida cristã, movidos e dirigidos pelo Espírito Santo”. Para isso, é preciso que os dirigentes tenham uma programação de crescimento. Uma programação que forneça sistematicamente aos participantes uma caminhada de crescimento nos conhecimentos, na vivência e na ação da vida cristã. O livro ensina como realizar uma excelente programação de crescimento e amadurecimento para os participantes dos grupos de oração

Marcadores:

Meu livro: EXPERIÊNCIA DE DEUS E RCC


Experiência de Deus e RCC (Editora Loyola)

Uma das maiores graças na vida de alguém é conhecer pessoalmente, por experiência pessoal, o Deus vivo: o Pai celeste, Jesus ressuscitado e o Espírito Santo. Quem conhece o Deus vivo por experiência, apaixona-se por Ele e vive em comunhão com Ele. O livro revela o que é a experiência de Deus, conduz a realizá-la e concretizá-la, e revela os maravilhosos frutos da mesma. Mostra, por fim, que um caminho para essa experiência está na espiritualidade do Espírito Santo. É um livro para todos, pois a vida cristã se enraíza necessariamente na experiência de Deus.

Marcadores:

Meu livro: MINISTROS DA EUCARISTIA


Ministros da Eucaristia: Formação Ministerial (Edições Loyola)

Esta obra destina-se a “ministros da Eucaristia”, extraordinários ou ordinários. Seu objetivo é favorecer uma formação sólida para o exercício consciente, piedoso e eficaz desse ministério. 1. Indica qual o lugar desse ministro na Igreja. 2. Apresenta os dois objetivos essenciais da “intenção de Jesus” ao instituir Sua presença na Eucaristia. 3. Esclarece quais as funções e responsabilidades desses ministros na vida eucarística de uma paróquia ou de uma diocese.


Marcadores:

Meu livro: ROSÁRIO PARA O ESPÍRITO SANTO


Rosário para o Espírito Santo (Editora Raboni) -

Uma forma muito simples e cordial de orar ao Espírito Santo é “oferecendo-lhe rosas” espirituais. Pelo “Rosário para o Espírito Santo” a pessoa entra rapidamente em comunhão íntima e cordial com Ele, oferece-lhe rosas espirituais (dez, vinte, trinta, ou quantas quiser... o número não importa!), e dessa forma cria uma amizade muito linda e rica com o Deus-Amor.

Cultivando uma amizade com o Espírito Santo torna-se sempre aberta uma grande fonte de bênçãos de toda sorte. Ele é o santificador. Sua obra principal, em nós, é induzir-nos à santidade.

Marcadores:

Meu livro: CONVERSAS SOBRE O ESPÍRITO SANTO


Conversas sobre o Espírito Santo (Editora Raboni)

Pelo livro, o autor faz vinte conversas com o leitor – se possível, uma por dia – e em cada conversa: 1º revela quem é e como é o Espírito Santo, 2º procura criar uma amizade com o Divino Amigo, e 3º ensina a se relacionar, a conversar, a orar ao Espírito de Amor. Cada conversa termina com uma bela oração. Simples e coloquial, o livro cria uma simpatia e uma amizade com o Espírito Santo. Com isso Ele pode realizar melhor sua obra nos corações.

Marcadores:

Meu livro: Amor Afetivo Em Família



Amor Afetivo em Família (Ed. Loyola)


O ser humano só se realiza plenamente se se realizar no amor, pois foi criado por amor e para o amor. A família foi pensada e criada por Deus para ser um “ninho de amor”, onde o ser humano deve ser concebido, gerado, nascer e crescer num clima de profundo amor, a fim de amadurecer no amor e realizar-se como se humano. O amor afetivo é fundamental e imprescindível na vida familiar. O livro apresenta essa realidade de forma simples, concreta, objetiva e estimulante. Por este livro, todo casal poderá aprender, renovar-se e dinamizar “seus hábitos afetivos”, bem como “sua vida familiar afetiva”.

Marcadores:

Meu livro: PRÁTICAS DE AUTOCURA INTERIOR


Práticas de Autocura Interior (Editora Loyola) - 14 edição

O livro apresenta exercícios psico-espirituais para resolver e curar problemas psicológicos e emocionais, como: ressentimentos e mágoas; remorsos, autocondenações e desamores de si mesmo; traumas e sofrimentos causados por morte de entes queridos; rejeições que geram conflitos psicológicos; abalos emocionais, traumas, medos, frustrações etc. Com esses exercícios, que são verdadeiras terapias, a pessoa relê sua história e vai curando os acontecimentos que deixaram marcas dolorosas em sua vida. Muitas pessoas já se beneficiaram com esses exercícios, e por isso o livro já está na 14ª edição.

Marcadores:

Meu Livro: ORAÇÃO DE AMORIZAÇÃO


Oração de Amorização: A Cura do Coração (Editora Loyola) - 100ª edição
Curar o coração emocional das feridas sofridas no decurso da vida é uma necessidade de todos, e por toda a vida. Existem muitos maridos feridos pelas esposas, e estas por eles; pais feridos pelos filhos, e estes por seus pais; irmãos ofendidos por seus irmãos; professores magoados com seus alunos, e estes feridos por seus mestres. Quem já não foi ofendido por alguém?... Essas feridas são muito prejudiciais, por isso precisam ser curas. A pomada para essas feridas, aliás poderosa e eficaz, foi ensinada por Jesus. O livro ensina a curar todas as feridas, para libertar-se das mágoas, das raivas, dos ressentimentos, dos ódios e vinganças, das tristezas e das depressões causados pelo desamor sofrido. Essa cura é imprescindível para uma vida mais saudável e feliz. O livro já fez tanto bem a tantos que já está na 100ª edição. Já foi publicado na Itália, em Portugal, na Hungria, na Colômbia e na Argentina.

Marcadores: